Notícias Câmara

Representantes da Comissão que foi formada em Chapecó, junto a autoridades do município, atenderam a imprensa, por intermédio de entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira (17). O presidente da Câmara de Vereadores, vereador Ildo Antonini (DEM), também participou do encontro e divulgou ações que foram adotadas no legislativo chapecoense.

O presidente, informou à imprensa, que algumas ações foram adotadas como forma de precaução ao Coronavírus. Ildo Antonini, informou que as sessões ordinárias prosseguem normalmente, mas que as reuniões de trabalho, visitas em sessões e audiências públicas foram suspensas por tempo indeterminado. “São medidas que diminuem a circulação e aglomeração de pessoas. As próprias sessões plenárias deverão acontecer de forma mais rápida”, destacou o presidente.

O município de Chapecó registrou até o momento, terça-feira (17/03), 09 casos suspeitos do Coronavírus. Três casos deram negativos e os 06 aguardam resultados de exames. O prefeito Luciano Buligon (PSL), assinou decreto com algumas medidas, entre elas: ficam suspensas, a partir de 19 de março de 2020, por 30 dias, as atividades da Rede Municipal de Ensino do Município de Chapecó e dos programas, projetos e ações das Secretarias de Juventude, Esporte e Lazer, Cultura e Assistência Social.

Via decreto, também ficam suspensas pelo prazo de 30 dias: as atividades de capacitação, de treinamento ou de eventos coletivos realizados pelos órgãos da Administração Pública Municipal Direta e Indireta que impliquem a aglomeração de pessoas.

O prefeito, reiterou o pedido de autoridades de Saúde, para que as pessoas saiam de casa apenas em extrema necessidade. “As obrigações precisam ser cumpridas, como ir ao trabalho, por exemplo. Mas, tirando essa situação, é fundamental que as pessoas permaneçam em suas residências e evitem aglomeração. Somente dessa forma, Chapecó vencerá a luta contra o Coronavírus”, lembrou Buligon.