Notícias Câmara

A apresentação de projetos ambientais e de desenvolvimento sustentável foram alvo de debates, nesta quarta-feira (01), no Poder Legislativo de Chapecó, durante sessão ordinária. Representantes da Ecoponto Flor de Lis e da startup Moeda Verde estiveram presentes e apresentaram seus trabalhos. O pedido foi feito via requerimento aprovado do vereador Cesar Valduga (PC do B).

A “Moeda Verde” é um aplicativo que promove a sustentabilidade e o usuário ao realizar ações desta área, acumula moedas e troca por produtos e serviços de empresas que são parceiras do projeto. “Além disso, o aplicativo traz informações sobre descarte correto de produtos, por exemplo”, explica o empresário e idealizador, Eduardo Nicoleti.

Já a Flor de Lis Prosa e Café é um estabelecimento comercial do setor alimentício, que funciona no bairro Santa Maria e oferece serviços vinculados aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). “É uma coleção de 17 metas globais, estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU). O Ecoponto Flor de Lis atende todos esses objetivos em várias áreas de auxílio social e socioambiental”, destacou Edneia Cassiano, idealizadora do projeto.