Notícia destaque

Assuntos relacionados à retomada de atividades que movimentam a economia continuam sendo alvo de debates, na Câmara de Vereadores de Chapecó. Em sessão ordinária virtual, foi aprovada Moção de Apelo para que a Prefeitura de Chapecó e o Governo de Santa Catarina, tomem medidas necessárias que possibilitem o retorno das atividades turísticas, em especial o transporte turístico. A moção é de autoria do vereador Diego Alves (PP).

O vereador lembra que recentemente o Governo do Estado de Santa Catarina manifestou-se no sentido de que Prefeituras e Estado passarão a tomar decisões compartilhadas para adotar medidas específicas conforme a realidade de cada região. “Sabemos que as atividades não essenciais encontram-se permitidas em Chapecó e em boa parte da região Oeste de Santa Catarina, estando prejudicadas, no entanto, todas as atividades turísticas que envolvam transporte coletivo de pessoas”, reiterou.

Diego Alves fala da preocupação de alguns setores estarem sendo prejudicados e espera que todas as classes sejam tratadas da mesma maneira. “Fere a igualdade de tratamento não permitir a realização dessas atividades, mediante tomadas de medidas de segurança, e ao mesmo tempo permitir outras”, compara o vereador.

A moção de apelo não deixa de explicitar a importância de cuidados com a saúde dos usuários e que medidas possam ser definidas, para que o setor turístico volte a prestar serviço. A moção será encaminhada através de ofício, para o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (PSL).